6 tendências de Marketing Digital para 2017

19/12/2016 Por
tendências de marketing digital 2017

Planejando as ações da empresa para o próximo ano? Veja as tendências de marketing digital para adotar em 2017

O fim de ano se aproxima e, com ele, surgem não apenas a avaliação de desempenho das ações de marketing produzidas este ano, como também as principais tendências de marketing digital que agências e demais empresas precisarão ficar atentas para 2017.

Se tem algo que este ano ensinou às empresas e marcas, de modo geral, é que é preciso pensar em ações que reflitam nosso atual contexto de consumo. Foi-se o tempo em que o cliente era um agente passivo na relação de compra e venda. Agora, nossas ações precisam oferecer algo além do produto.

Confira a lista com as principais tendências de Marketing Digital para 2017:

1. Precisamos falar sobre conteúdo mobile

A predominância de consumo em mobile em relação ao desktop é, talvez, uma das principais tendências de marketing digital em 2017. As empresas já estão cientes de que suas estratégias devem considerar a experiência do usuário no mobile. Não à toa, uma pesquisa da HubSpot mostra que 48% das empresas investirão em conteúdo interativo no próximo ano.

Lembre-se que, no digital, você concorre com diversas outras coisas, como redes sociais e aplicativos. Sem falar nas muitas abas abertas no navegador. Por isso, pensar em conteúdo mobile pode ser uma das formas de engajar o público. Isto é, de incentivar o visitante ou o lead a falar de você e a querer procurar por sua empresa.

2. Diversifique nas mídias sociais

Para o ano que vem, a aposta é explorar formatos diferentes para os conteúdos nas mídias sociais. Lives do Facebook e vídeos curtos e com legenda estão entre as principais tendências de marketing digital em 2017, assim como carrossel de fotos, canvas e o Instagram Memories.

Não se esqueça de conhecer bem seu público para, assim, reconhecer padrões de engajamento e interação entre seus usuários. Isso irá influenciar nos horários de publicação e impulsionamento dos seus conteúdos.

3. Não deixe de apostar em e-mail marketing

Apesar de termos acesso a muitas ferramentas de trocas de mensagens, instantâneas ou não, o e-mail ainda é um dos principais meios de comunicação corporativa. Tanto é que nove em cada dez brasileiros utilizam e-mail.

Atentos a isso, os principais servidores de e-mail – Gmail, Hotmail e Yahoo – criaram verdadeiras campanhas de combate aos spams. Também reforçaram seus algoritmos para que esse tipo de mensagem não chegue à caixa de entrada de seus usuários.

Por isso, se a sua empresa quiser investir em e-mail marketing em 2017, evite ao máximo a compra de listas de e-mails para disparar campanhas de venda. Por se tratar de uma etapa de conversão de leads, é interessante trabalhar para segmentar sua base de contatos. Isso significa pensar em conteúdos direcionados, de modo a oferecer aquilo que seu público procura.

4. No SEO, atenção para o AMP

Assim como nos demais itens, quando se trata de SEO não tem como não citar a otimização de sites para o mobile. Nessa linha, o projeto mais recente do Google – o AMP (Accelerated Mobile Pages) promete ser uma das tendências de marketing digital do próximo ano.

A ferramenta agiliza a navegação em dispositivos móveis, aumentando em até 4x o tempo de carregamento de uma página. Isso ainda melhora a experiência do usuário.

Aliás, essa experiência – também conhecida como User Experience (UX) – interfere diretamente no sucesso de suas ações. Quanto mais rápido for o carregamento das páginas e quanto mais interativa, dinâmica e intuitiva for a navegação (layout responsivo), maiores serão as chances do visitante retornar ao site.

Por isso, vá além da otimização de textos e trabalhe também o conteúdo. Apesar do Google alterar sempre os critérios de indexação de seu algoritmo, a produção de conteúdo estratégico por SEO permanece como uma das principais técnicas de marketing digital.

5. A produção de vídeos e o efeito Pokémon Go

Febre entre os games lançados em 2016, o Pokémon Go chamou a atenção do uso da realidade virtual (ou realidade aumentada) para promover uma nova experiência para o usuário.

Nesse sentido, os profissionais de marketing precisam pensar de que forma suas ações podem explorar a criação de um universo “paralelo” no virtual, com conteúdos que proporcionem ao seu público algo completamente novo e envolvente. De acordo com uma pesquisa do TOTVS Labs, a expectativa é de que esta tecnologia esteja presente em nosso cotidiano até 2020.

Outro destaque está na produção de vídeos. Segundo dados da Koozai, 12% do público que vê um anúncio em vídeo acaba comprando. Além disso, é uma forma mais interativa de apresentar uma marca ou produto. Quem nunca procurou por um vídeo no YouTube para se informar a respeito de um produto ou serviço?

6. Use o remarketing a seu favor

Se bem aplicado, o remarketing é uma das estratégias perfeitas para incentivar o retorno de seu cliente ao site. Com ele, você pode avaliar o que faz seu visitante abandonar o carrinho de compra e, portanto, também pode descobrir como “fisgá-lo” de vez. Diferentemente do que se costuma fazer, a sacada aqui é direcionar o usuário para os melhores conteúdos do site, como posts, e-Books e outros materiais ricos. Tudo visando reconquistar o lead, trazendo aquilo que lhe é relevante e incentivando-o a efetuar uma compra.

tendencias-de-marketing-digital-para-2017

Jornalista graduada pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens pela On Line Editora e pela TV Cultura. Tem experiência em áreas como redação, edição de textos e vídeos, além de Marketing Digital. Atualmente, integra a equipe editorial da Layer Up - agência especializada em Inbound Marketing.