Por que e como fazer marketing digital para advogados?

24/05/2017 Por
marketing digital para advogados

Marketing digital para advogados: por que fazer?

Se você chegou até aqui, já deve saber que, no Brasil, a publicidade para os profissionais do Direito é regulamentada pelo Código de Ética da OAB. Sabendo dessa restrição, ao buscar uma forma de divulgar a sua marca, o escritório deve se atentar a dois pontos. Primeiro, se o método a ser adotado é o ideal. Segundo, e não menos importante, se os responsáveis pela elaboração e aplicação dessa estratégia conhecem as normas da OAB sobre publicidade. Quanto ao método, marketing digital para advogados é, sem dúvidas, um dos mais indicados para o seu escritório.

Isso porque não apela para as táticas tradicionais e agressivas de publicidade, condenadas pela organização. É um método que prioriza a informação e o conteúdo, em vez da promoção pessoal sensacionalista. Sem contar que todo bom plano de marketing é personalizado e adequado às necessidades do negócio. Se publicidade escancarada é proibida, o marketing digital para advogados não pode contar com essa tática.

Cortar esse tipo de publicidade na advocacia, claro, é uma medida fundamental, mas não é e não pode ser a única. As práticas do marketing  não são desconexas: elas são complementares. Por isso, ao eliminar uma parte, todas as outras devem ser reestruturadas, tanto para suprir essa ausência quanto para não fazer as vezes da atividade que foi abolida. É por isso que o marketing jurídico só é efetivo quando, por trás das ações, estão profissionais especializados nessa forma específica de fazer marketing.

Não é por acaso que outro nome para marketing digital é marketing de conteúdo. A ideia é atrair seu público com materiais que sejam do interesse dele, com informações que ele deseja ter. Produzir conteúdo de qualidade é a chave para fazer o negócio dar certo. Não interessa mais só falar para o possível cliente como o seu negócio tem expertise neste ou naquele assunto. É preciso provar isso.

E como fazer?

Agora, você sabe a importância do marketing digital para advogados e escritórios de advocacia. Certo. Mas como proceder para captação de clientes na advocacia?

Estabelecer um plano de marketing é o primeiro passo. Nessa fase, a equipe faz a análise do próprio negócio, do meio envolvente e de outros escritórios, além de definir quem é o seu público e o que ele quer. Essa visão geral permite a elaboração de um planejamento de ação conciso, de médio ou longo prazo, que seja um caminho para ligar um possível cliente ao seu serviço.

Esse caminho é construído com a produção de conteúdo relevante para o grupo-alvo e com a manutenção de um canal aberto de comunicação por meio de redes sociais. Assim, você mostra que sabe do que está falando e que está disposto a conversar com quem quer conversar com você.

Aqui na Layer UP, nós temos parceria com escritórios de advocacia, o que nos permitiu acumular experiência no serviço de marketing jurídico digital. Entre os conteúdos produzidos por nós para nossos clientes estão desde posts para Facebook até e-books.

Confira uma seleção de materiais de marketing digital para advogados produzidos pela Layer Up

Artigo otimizado para SEO do escritório Valles e Valles. Clique na imagem para ler o artigo completo.

marketing digital para escritório de advocacia Valles e Valles

E-book para escritório Pagliarini e Morales. Para ler o e-book, clique na imagem.

marketing digital para escritório de advocacia Pagliarini e Morales

Post do artigo da drª Jacqueline do Prado Valles no Facebook do escritório Valles e Valles.

marketing para advogados jacqueline valles

Post do Dia das Mães no Facebook do escritório Pagliarini e Morales.

marketing digital para advogados pagliarini e morales

Para saber um pouco mais sobre os serviços de marketing digital para advogados oferecidos por nós, da Layer Up, entre em contato conosco. Ficou com alguma dúvida? Comente aqui embaixo!

E aí?

layer-inbound-marketing-equipe

 

Analista de Conteúdo na Layer Up - Agência especializada em Marketing Digital, é jornalista em formação na Faculdade Cásper Líbero. Trabalhou na redação do Portal iG e no departamento de Conteúdo do Museu do Futebol.