4 passos para fidelizar clientes e aumentar as vendas on-line

Ainda não conseguiu emplacar suas estratégias de Marketing Digital? Veja como dar um gás nas vendas on-line e fidelizar clientes

Apesar da crise econômica, o faturamento do e-commerce brasileiro aumentou 5,2% no primeiro semestre de 2016 e as projeções do relatório E-Bit indicam que o setor deve movimentar R$ 44,6 bilhões até o final deste ano. Diante desse cenário de crescimento, você investiu em marketing digital, mas não alcançou bons resultados? Confira algumas dicas para ajustar a sua estratégia, aumentar as vendas on-line e fidelizar clientes:

1. Mobile é prioridade

 A popularização dos telefones celulares e dos smartphones está transformando a maneira como consumimos produtos, informações e nos relacionamos. Segundo o relatório E-Bit, as compras realizadas por smartphones e tablets representam 18,8% do volume do total e o valor do tíquete médio aumentou 7% e agora é de R$ 403,46.

As pessoas estão o tempo todo buscando informações e respostas para suas dúvidas e uma das principais tendências observadas nos últimos anos é o aumento da busca por geolocalização. Dados da Kantar World Pannel 2016 indicam que 57% dos brasileiros acessam a internet via smartphones e pesquisas recentes divulgadas pelo Google revelam que mais da metade das buscas ocorre através do celular, sendo que 30% das pesquisas são acompanhadas dos termos “próximo a mim” ou “agora”, o que quer dizer que compramos cada vez mais motivados a satisfazer necessidades imediatas e para usufruir de comodidades, como a proximidade de uma loja, para otimizar tempo.

A  jornada de compra do consumidor não é linear, ela acontece cada vez mais de maneira fragmentada em micro-momentos, por meio de pesquisas feitas no smartphone. Nesse cenário, ter um site responsivo, otimizado para dispositivos móveis, é fundamental para atender as expectativas dos clientes.

Segundo o Google, 85% dos usuários fazem pesquisa de compra no celular. Entender a motivação para essas buscas, que hoje compõe a jornada de compra do consumidor, é imprescindível para que as empresas possam oferecer conteúdos relevantes, com potencial de gerar engajamento e conversão para fidelizar clientes.

Um exemplo prático é que mais de 75% das pessoas que buscaram por um local no Google Maps, efetivamente visitaram esse lugar. E 25% das pessoas que visitaram o lugar efetuaram alguma compra. Isso quer dizer que se você tem uma loja física, estar presente no Google Maps é a nova vitrine do seu negócio.

Naturalmente, há vários fatores que influenciam na concretização da visita e da compra, mas estar presente no mapa é essencial para ser encontrado. É muito simples configurar um local ou negócio no Google Maps e incluir informações úteis ao usuário, como horário de funcionamento, número de telefone e fotos do local.

2. Automação para crescer e fidelizar clientes

Além de conquistar novos clientes, a estratégia para aumentar as vendas também deve estar focada em surpreender e fidelizar clientes habituais. Um estudo divulgado em outubro de 2016 pela Kantar Worldpanel “Futuro do E-commerce para FMCG”, demonstra que em 2025 as vendas on-line devem movimentar US$ 150 bilhões. Uma vez que os consumidores começam a comprar on-line, estão mais propensos a fidelizar: 55% dos consumidores on-line utilizam a mesma lista de compras para uma compra seguinte.

Desvendar quais são os itens dessa lista (e estar presente nela) deve ser prioridade na estratégia das empresas para conquistar e fidelizar clientes. Ofertas personalizadas, desconto para a compra de produtos complementares e envio e-mail marketing segmentado são algumas das possibilidades de encantar o cliente e gerar experiências positivas que aumentam as chances de a sua empresa ser lembrada.

Soluções simples, como a automação de compras recorrentes e a criação de serviços de assinatura possibilitam que o cliente tenha mais tempo para pesquisar novos produtos no seu site e também que você possa focar menos nesses processos recorrentes e mais no desenvolvimento do seu negócio que, com ajustes como esses, têm potencial de crescer em escala e atingir novos patamares para fidelizar clientes.

3. Datas comemorativas: oportunidade de vender mais

Entre as datas comemorativas que potencializam negócios on-line, a que mais se destaca no e-commerce é a Black Friday, uma campanha de vendas que foi incorporada ao calendário comercial do Brasil em 2010 e que, a exemplo dos Estados Unidos, acontece anualmente no último final de semana do mês de novembro.

Segundo estudos do E-bit, a Black Friday 2016 deve movimentar de R$ 2,1 bilhões e mobilizar 84% dos consumidores on-line do país. As pesquisas por melhores ofertas nesses períodos se iniciam com bastante antecedência. Para atender as expectativas dos clientes, é necessário planejar e adotar uma estratégia integrada a todos os processos. É preciso investir em uma estrutura confiável e não apenas contratar mais espaço no servidor para suportar o aumento no número de visitas no site.

Para ter bons resultados em outras datas comemorativas como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia das Crianças e Natal, que também são excelentes oportunidades de aumentar o faturamento on-line das empresas, é necessário compreender como cada detalhe da operação, desde a negociação com fornecedores, até o marketing e o pós-venda podem impactar o seu negócio.

4. Como motivar as pessoas a comprarem mais on-line?

Apesar da conjuntura favorável para o desenvolvimento do e-commerce no Brasil, o setor ainda representa 4% do total das vendas no varejo. Mesmo com as mudanças no comportamento do consumidor, que geram aumento no consumo on-line, muitas pessoas ainda preferem a experiência de comprar na loja física, seja porque lá tem a oportunidade de ver e experimentar os produtos, acessar promoções e tirar as dúvidas com o vendedor ou porque não sentem confiança nas lojas on-line.

Consumidores que optam por comprar diretamente no varejo tradicional apontam alguns gargalos que os afastam do processo de compra digital e que podem ser levados em conta por empresas que desejam se destacar e conquistar novos clientes no ambiente on-line:

  • investir em produtos e serviços de qualidade, certificados de segurança digital;
  • promover uma navegação intuitiva no site;
  • cumprir com prazo de entrega;
  • oferecer diversos canais de atendimento ao cliente;
  • manter um preço competitivo.

Esses ainda são os principais fatores com potencial de impulsionar as vendas online e tentar fidelizar clientes.

Conforme vimos nesse post, há muitas oportunidades no ambiente digital para quem deseja empreender ou aumentar as vendas. Os desafios de atuar em um cenário cada vez mais dinâmico e competitivo requer principalmente planejamento, seja para empreendedores ou para empresas que desejam se manter competitivas.

Precisa de ajuda para colocar essas dicas em prática e aumentar as suas vendas on-line e fidelizar clientes? Conte com a gente!

Esse post foi útil para ajustar a sua estratégia de marketing digital? Compartilhe a sua experiência aqui nos comentários.

 

o que e marketing


Deixe um comentário