Os principais erros na construção de uma buyer persona

Ao abrir um novo negócio, os empreendedores sabem o público que desejam atingir com suas soluções. E esse entendimento de público-alvo faz com que a construção da buyer persona pareça simples e rápida — afinal, qual a dificuldade em esqueletar algo que você já possui em mente há algum tempo, não é mesmo? 

Errado! E é nesse ponto onde os problemas começam a acontecer. Primeiro porque há grandes diferenças entre o público-alvo e uma persona. Segundo porque essa confusão tende a gerar um ciclo de erros, que com certeza irão impactar na comunicação e nos resultados da empresa. 

Mas esse não é o único engano que pode acontecer durante a construção de uma buyer persona. Por isso, elaboramos um blogpost em que você vai conhecer os principais erros e como evitá-los. Boa leitura!

Antes de mais nada, entenda a diferença entre público-alvo e persona

A principal diferença entre os dois está na profundidade dos dados e do perfil estabelecido

Enquanto o público-alvo está muito mais relacionado a um grupo de pessoas que compartilham as mesmas características socioeconômicas, demográficas e comportamentais, a buyer persona é a representação detalhada do cliente ideal para a sua empresa.

Devem ser considerados comportamentos, características e informações reais para criar um perfil certeiro sobre o consumidor  para o qual você vai dirigir esforços. 

Como já falamos acima, confundir os dois e não construir uma persona é um erro grave, porque prejudica todo o esqueleto das estratégias corretas para o tipo de negócio trabalhado. 

Então, lembre-se: a persona é essencial e ela é beeeem diferente do público-alvo!

Achismos não são bem-vindos!

A percepção que você tem nem sempre condiz 100% com a realidade que o seu negócio precisa alcançar. A construção da persona também precisa ser realista e acompanhar cuidadosamente os rumos que a empresa está tomando no momento. 

Por isso, uma pesquisa bem elaborada feita por profissionais durante a elaboração de um planejamento estratégico é o melhor caminho para que a persona esteja totalmente alinhada e construída com base em dados concretos. 

Encontre o ponto de equilíbrio para traçar a buyer persona

Não seja abrangente, nem específico demais. Encontre o ponto de equilíbrio entre os dois

Tenha em mente que a persona é apenas uma referência e que cada pessoa é um indivíduo diferente. Não é preciso ser amplo demais, porque, no final, você nunca vai conseguir englobar a todos. 

Mas também não se prenda em detalhes. Utilize a pesquisa como base para saber até que ponto é possível trabalhar para afunilar esse cliente até que ele esteja bem próximo do ideal. 

Pesquisar nunca é um exagero

Planejar e pesquisar  são pontos fundamentais para elaborar uma buyer persona. E quanto mais dados, melhor!

Só fique atento: dados irrelevantes, equivocados e ineficientes precisam ser evitados. Além de não acrescentarem nada ao projeto, eles atrapalham na formação de uma persona que realmente represente a marca. 

Uma dica para fazer uma pesquisa bem estruturada é saber o que perguntar. Como não há uma única fórmula para isso, será necessário avaliar com cuidado o que é realmente importante para o seu negócio. 

Por exemplo, se o seu público é formado por executivos, é mais relevante concentrar o foco de campanhas no LinkedIn ou no Instagram? Essa resposta, baseada em números, será importante para construir a persona e guiar as ações futuras de maneira certeira. 

E aí, está mais confiante para montar a sua buyer persona?

A construção de uma persona é uma tarefa complicada, como você deve ter percebido. Mas não precisa se preocupar, porque existem profissionais especializados para auxiliar em todo esse processo. 

Aqui na Layer UP, por exemplo, contamos com uma equipe de planejamento que é mais do que especialista nessa construção.

Além de erros no direcionamento da comunicação, desalinhamentos entre as equipes de marketing e vendas também podem ser fatais para o seu negócio.

Agora que você sabe como evitar falhas no desenvolvimento das personas, que tal conferir um e-book gratuito com diversas soluções para ruídos entre as duas equipes? Confira!

Aplique as melhores estratégias para impulsionar seus resultados em marketing e vendas.

Posts Relacionados

Deixe um comentário