Link building: construindo a autoridade da sua marca online

Ser referência significa que os usuários vão olhar para a sua marca e reconhecê-la como quem domina o assunto. O link building trabalha para reforçar essa autoridade construindo uma rede de links que levam para o seu site e mostrando aos mecanismos de busca a relevância do seu conteúdo diante do mercado.

A lógica é a mesma de uma indicação qualquer. Quanto mais páginas e blogs indicarem seus links aos usuários e quanto mais os usuários compartilharem e clicarem, mais os buscadores vão reconhecer seu site como informativo e relevante.

É importante lembrar que, como na vida offline, as pessoas querem indicações vindas de personalidades com boa reputação, que possuem algum nível de conhecimento em relação ao assunto.

No online, o mesmo se aplica. Mecanismos como o Google investigam e avaliam a qualidade dos links que apontam para o seu site. Por isso, sua empresa não deve focar somente em quantidade.

O objetivo é conseguir indicações que venham de sites confiáveis, populares, que tenham uma boa avaliação e que sejam da sua área.

Por que é importante posicionar sua marca com link building?

Primeiro, porque um dos critérios para os buscadores avaliarem a qualidade de um site – o que impacta diretamente em seu ranqueamento – é a quantidade de domínios de referência que apontam para ele.

Até porque isso é parte essencial da estrutura da web. Links são a interligação entre as páginas, sites, vídeos e arquivos disponíveis. É o que garante que os usuários continuarão navegando.

Os mecanismos de busca têm otimizado cada vez mais seus algoritmos, de modo a entregar a melhor experiência para quem faz a pesquisa: o conteúdo mais completo, considerado relevante por todas as suas indicações e que usa as palavras-chave corretas, de acordo com o SEO.

Pela questão da experiência, os links internos também contam. Ou seja, é estratégico que você faça um link building com seus próprios conteúdos.

Imagine que o seu negócio é uma agência de viagens. Em um blogpost sobre pontos turísticos da Irlanda, você pode inserir links sobre conteúdos seus com dicas para organizar uma viagem, erros para evitar ao escolher um hotel ou mesmo pacotes em promoção.

Assim, o usuário pode navegar entre esses textos, conhecendo mais da sua marca e ao mesmo tempo se informando sobre o assunto.

Quais são os critérios na hora de fazer o link building?

São diversos os fatores que contribuem para a autoridade da sua marca. Aqui, citamos alguns deles:

Quantidade, diversidade e qualidade

Como falamos, a quantidade é um ponto importante. Apesar disso, ela nunca deve ser considerada isoladamente.

É interessante que os backlinks venham de sites considerados relevantes pelo Google e também pelo seu mercado consumidor.

Ainda, existe um outro fator que contribui para a conta: a diversidade. Portais, blogs, sites institucionais de empresas diferentes. Quanto mais diversificadas forem as indicações, melhor.

Reputação

Repetimos diversas vezes sobre a relevância dos links. É interessante reforçar que, quando você recebe muitas indicações de sites considerados não confiáveis, o mecanismo de busca tende a colocar o seu site na mesma definição.

Esses backlinks podem vir de forma não intencional, por isso é importante fazer uma limpa constantemente. 

Posicionamento do link

O Google analisa não somente a origem dos backlinks, dando mais valor aqueles que vem do seu mesmo nicho, mas também avalia as palavras usadas em torno do link.

Essa análise vale para que o algoritmo entenda qual é o sentido de um determinado site ter indicado o seu domínio – se é porque o seu conteúdo completa o dele, por exemplo.

Novamente, a ideia é garantir que a experiência do usuário seja eficiente. 

Dicas para um link building estratégico

A melhor dicas de todas é: invista em conteúdo de qualidade, que converse com a sua buyer persona, otimizado de acordo com as técnicas de SEO

Trabalhe para ser encontrado nas primeiras páginas, mas também para que o usuário encontre a solução de suas dores e necessidades na sua marca.

Atualize seu site e seu blog com frequência e esteja presente também nas redes sociais para a divulgação de links.

Outro ponto estratégico são as parcerias. Busque por sites, até mesmo empresas e portais que tenham relevância e estejam bem posicionados e proponha uma parceria gratuita.

A forma mais comum de trabalhar em conjunto nesse caso é o guest posting. A ideia é que a sua marca crie um conteúdo para ser publicado no blog do seu parceiro e vice-versa.

É possível encontrar pautas em comum, que sejam informativas e que também levantem tanto o seu serviço quanto o da outra empresa, ainda mais se eles forem complementares de alguma maneira.

Além disso, também é possível sugerir a troca de link building: escolha alguns conteúdos dele que podem apontar para os seus e deixe-o fazer o mesmo.

Evite erros que possam penalizar seu site

Quer descobrir quais penalidades o Google aplica aos sites? Então confira nosso blogpost gratuito.

Posts Relacionados

Deixe um comentário