Penalidades do Google para sites: por que é importante conhecê-las?

Obter um bom ranqueamento nas principais ferramentas de pesquisa da internet é um dos objetivos de todos os sites. Afinal, esses buscadores são uma das principais fontes de leads de um negócio. Por isso, é importante ficar de olho nas penalidades do Google.

Assim como todos os outros buscadores, o Google possui algumas normas. Duplicar conteúdos e camuflar palavras-chave, por exemplo, são ações que vão contra as suas regras.

Dessa forma, o buscador fica atento às páginas que seguem as suas diretrizes, oferecendo maior destaque à elas e punindo aquelas que não cumprem com seu regulamento.

Evitar as suas penalizações, portanto, é importante para não colocar em risco a boa posição que foi conquistada por seu site. Mas como fazer isso? Vamos explicar!

As principais penalidades do Google e como evitá-las

As penalidades do Google possuem grande relação com o posicionamento de um site em suas páginas de resultados.

Os usuários, ao fazerem suas pesquisas, entendem que os links que aparecem primeiro são mais importantes e confiáveis. Sendo assim, é justamente esse ranqueamento que é afetado quando somos punidos.

Essa redução pode ser divida em algumas classificações, que variam entre a perda de 30 a 950 posições – tudo depende da gravidade do erro cometido em seu site.

Além disso, em casos mais extremos, é possível ocorrer a desindexação da página e do domínio, assim como a dificuldade de indexar novas páginas. A exclusão total do seu site dos resultados da ferramenta também pode ser realizada.

Mas por que isso acontece? Muito provavelmente, os bots do Google identificaram algumas ações que vão contra as suas diretrizes. Propositalmente ou não, isso automaticamente acarreta em uma penalização.

Para evitar esse tipo de ocorrência, portanto, é necessário ficar de olho nas principais regras do buscador. Assim, é possível garantir que todas as ações referentes ao seu site estão de acordo com as regras da ferramenta.

Meu site foi penalizado: e agora?

De acordo com o Internet Live Stats, o Google processa cerca de 3,5 bilhões de pesquisas por dia. É por isso que, quando temos um site penalizado, é comum ficar preocupado: o seu alcance abaixa consideravelmente, o que impacta diretamente em seu desempenho.

Em momentos como esse, é importante manter a calma. É possível se recuperar desse tipo de situação.

Antes de tudo, é necessário entender por que o seu site foi penalizado. Você vai receber uma notificação e, ao analisá-la com atenção, é capaz de compreender o que deve mudar para recuperar o bom posicionamento no buscador.

Além disso, é interessante checar todas as páginas do seu site. Analise os conteúdos, os links e tudo que é oferecido ao cliente. Otimize as informações, e reformule tudo aquilo que pode interferir em seu caso.

Depois de corrigir todas as falhas, é hora de fazer o pedido de reconsideração no Google. O processo pode ser um pouco demorado, afinal, todas as páginas de seu site serão avaliadas. Sendo assim, é importante ter paciência.

Fique atento: o Google está sempre atualizando as suas diretrizes

Apesar de ser uma situação bastante desagradável, é comum que sites sejam afetados pelas penalidades do Google.

Isso porque as diretrizes e algoritmos do Google mudam constantemente, passando por várias atualizações. Assim, podemos cometer algum tipo de infração sem nem ao mesmo termos conhecimento disso.

É por esse motivo que é tão importante ficar atento e procurar saber mais sobre as suas normas.

Além disso, possuir estratégia e um posicionamento digital bem estruturado pode evitar esse tipo de problema. Em nosso blogpost, damos algumas dicas sobre o assunto

Posts Relacionados

Deixe um comentário