A importância das metas empresariais e técnicas para alcançá-las

Metas empresariais estão recebendo cada vez mais atenção. Se você é gestor de uma empresa, seja lá de qual segmento ela for, já deveria estar pensando no assunto.

Definir metas nada mais é do que, pensando estrategicamente, deixar claro o que a empresa deve alcançar e até quando isso deve ser conquistado. Elas costumam ser datadas e, então, reavaliadas.

Mas por que estabelecer metas empresariais?

Metas empresariais

Entre os principais benefícios de se estabelecer metas empresariais está o aumento da produtividade. Isso porque todos os colaboradores passam a trabalhar em prol das mesmas conquistas.

Tendo em mente onde sua companhia deve chegar, fica muito mais fácil determinar o que é prioridade, perceber o que está faltando – como a necessidade de um novo profissional ou novo equipamento – e estabelecer os primeiros passos.

Metas empresariais unem as equipes

Há quem tente utilizar das metas para gerar uma verdadeira competição entre colaboradores. Outros, têm medo de isso ocorra. Porém, não precisa – nem deve – ser assim.

No lugar de estabelecer objetivos que façam com que as pessoas queiram ser melhores que as outras, é possível criar algumas que deverão ser alcançadas por equipes, tornando-as mais unidas e, consequentemente, mais produtivas.

Com mais produtividade e sintonia, automaticamente novos benefícios vão surgindo: mais assertividade, resultados expressivos, melhora no rendimento da empresa, entre outros pontos.

Metas individuais

As metas individuais podem ser focadas em crescimento pessoal, de forma que cada colaborador tenha seus próprios e diferentes pontos a serem alcançados. A conquista se torna um prêmio pessoal, não algo para se achar melhor ou pior que o outro.

Metas empresariais: como defini-las?

Metas empresariais

Definir metas empresariais não precisa ser algo complicado. Na verdade, hoje existem metodologias especialmente para isso.

Já ouviu falar em OKRs ou Objectives and Key Results? Trata-se de um sistema de definição de metas muito famoso por ser utilizado pelo Google e outras grandes empresas.

A ideia, que nasceu na Intel, reúne um objetivo (objectives) e a forma como ele vai ser mensurado (Key Results).

As OKRs nunca serão genéricas. Querer que sua equipe seja mais alinhada pode ser um objetivo, mas não uma OKR. Afinal, como exatamente você vai mensurar uma quantidade de alinhamento?

Agora, se você definir que deseja que as equipes da sua companhia devem realizar uma reunião por semana, no final do primeiro quarter, por exemplo, você já pode mensurar quantas reuniões de fato foram feitas.

Uma outra boa característica das OKRs é que costumam ser determinados prazos curtos para cumpri-las, permitindo reavaliações periódicas.

Aprenda a priorizar

Pense nos principais objetivos da empresa e no que realmente é prioridade. Não adianta criar cinquenta OKRs diferentes, já que a ideia da criação de metas é justamente estabelecer um foco.

Uma boa tática é estabelecer metas diferentes para a empresa em geral, para cada uma das equipes e para cada uma das pessoas, o que pode ser definido com a participação de todos colaboradores.

Metas devem ser realistas

Todo mundo quer alcançar grandes objetivos, mas se forem estipuladas metas inalcançáveis a tendência é justamente algo que ninguém quer: desmotivação.

Se isso não for percebido de forma rápida e a estratégia seguir sendo a criação de metas fora da realidade, a equipe fica frustrada e sem vontade de realmente tentar atingi-las.

Por isso, quando for determinar o que quer para sua empresa, estude bem as possibilidades. Uma meta realista tem mais chance de ser alcançada e, quando isso acontece, dá um verdadeiro gás para que as próximas também sejam conquistadas.

Aumente os números que quer alcançar aos poucos. Um passo de cada vez pode ser a melhor solução.

Essa metodologia também é utilizada aqui na Layer UP, que aposta em OKRs para empresa, times e pessoas, além de metas para todos os projetos. Tudo isso levando em conta algo muito importante: dados.

Como ter mais efetividade no alcance de metas empresariais

Metas empresariais

Baseando-se em dados, é possível identificar exatamente o que está empacando o crescimento do negócio. Por isso, não importa se suas metas empresariais são determinadas como OKRs ou não, boas metas envolvem números, e por isso é essencial que seja possível medir resultados.

Outra importante dica é que a conquista dessas metas costuma ser mais efetiva quando compartilhadas com todos os membros da empresa, assim como o andamento delas e seus resultados.

Para a CEO da Layer UP, Samira Cardoso, sem metas claras, sem dados e métricas para análise e sem um planejamento com definição de objetivos estratégicos, táticos e operacionais, a vida do gestor fica bem difícil – para não dizer perigosa.

Por isso, aqui na Layer UP, metas sempre foram vistas como algo importante. Desde nosso primeiro ano de atuação traçamos um Business Plan anual, como pode ver na foto.

Metas empresariais

Metas empresariais e Data Driven

Cada vez mais é essencial que a gestão fique totalmente guiada por dados, também conhecida como Data Driven.

“Realizando esse acompanhamento, é possível notar quais as áreas que precisam de investimento, como os times precisam ser treinados, quais processos são eficientes ou deficientes, e alcançamos o sonho da previsibilidade”, afirma Samira.

Aqui contamos com o apoio de ferramentas para gestão financeira. Acompanhamos desde dados de visitas ao site até oportunidade geradas utilizando o RD Station. Além disso, contamos com uma ferramenta de gestão de projetos chamada Artia, na qual temos condições de entender a produtividade individual e por equipe.

“Com base em todo histórico de dados, acompanhamento mensal das métricas e otimização de processos, começamos a desenvolver metas mais assertivas e ganhamos mais consciência das nossas oportunidades e também das nossas fragilidades”, conta Samira.

Definição de KPIs

Definição de KPIs

São diversos os indicadores que podem ser medidos dentro das empresas, mas é preciso estabelecer quais deles são os mais relevantes para o negócio.

Completamente ligados a objetivos estão os chamados KPIs ou Key Performance Indicators, que têm como principal função medir o desempenho das estratégias do negócio.

Vamos colocar como exemplo que uma das suas metas é aumentar em 10% o tráfego orgânico do seu site no próximo quarter. Automaticamente, um KPI super importante seria a métrica do Google Analytics que mede tráfego orgânico.

Esse é um exemplo de métrica que se tornou KPI, mas nem toda métrica ganha essa importância, entendeu?

Os KPIs devem ser acompanhados periodicamente, fazendo com que fique claro se a meta está distante e se precisam ser tomadas providências diferentes para que ela seja alcançada, ou até mesmo mudar de estratégia.

Inteligência de negócios

Business intelligence, que significa inteligência de negócios, é um conjunto de teorias, metodologias e tecnologias que transformam grandes quantidades de dados em informações que podem fazer muita diferença.

Muitos especialistas falam de BI quando o assunto é tornar a empresa mais competitiva, pois com esse sistema é possível tomar decisões muito mais efetivas para a empresa.

A verdade é que Business Intelligence tem tudo a ver com metas! Buscando ferramentas que auxiliam na análise de dados, fica muito mais prático produzir relatórios e outros documentos que servem como evidências para estabelecer os próximos passos.

Por isso, apostar em Business Intelligence na sua empresa pode ser uma ótima forma de dar os primeiros passos para que metas sejam definidas de maneira assertiva e garantir melhores resultados.

Ao longo deste conteúdo indicamos dois materiais que, se você preferir, podem ser lidos agora: Data Driven Business e Business Intelligence 


Posts Relacionados

Deixe um comentário