Números revelam pesquisa de voz subindo e o abandono da digitação nos próximos anos

Você fez pesquisa de voz no Google alguma vez? Bem provável que sim, mas, se ainda não fez, saiba que ⅓ das buscas já são feitas dessa forma. Ou seja, muito em breve será quase que uma obrigação produzir conteúdos para web e otimizá-los para buscas nesse formato.

Considerando esses números, ignorar essa nova “exigência” dos usuários seria como cavar o buraco do seu próprio negócio.

Podemos comparar essa situação a invasão dos dispositivos móveis. Em 2015, o Google passou a privilegiar em seu ranking os sites responsivos, ou seja, aqueles que são adaptáveis para diversos tamanhos de telas.

Na época, muitos empresas deixaram para última hora e acabaram perdendo muitas posições do ranking do Google. Então, não podemos evitar o tema. É preciso se adaptar aos novos hábitos dos usuários para conseguir posições de destaque no buscador.

Pesquisa de voz no Google: o futuro na sua porta

Pesquisa de voz

O Google muda seu algoritmo muitas vezes durante o ano, mas alterações significativas são raras.

Lembra da atualização Panda, desenvolvida para punir sites com intenções duvidosas e conteúdos de baixa qualidade? Muitos websites considerados grandes perderam posições importantes do ranking.

Pesquisa de voz já é uma realidade. Até 2020, existe uma perspectiva de que 50% das buscas realizadas por meio do Google sejam feitas dessa forma. Isso representa um número gigantesco de usuários que podem chegar até o seu site.

Considerando todos esses números, é inegável a importância de incluir a pesquisa de voz em sua estratégia de SEO (Search Engine Optimization) do seu blog ou site.

Mas como otimizar um site para pesquisa de voz?

Agora que você sabe o tamanho da importância dessa otimização para os conteúdos que você produz, vamos falar da prática.

Quase esquecemos de perguntar. Você sabe o que é SEO? Se não sabe, vamos explicar rapidamente qual o objetivo dessa metodologia.

SEO é uma maneira de otimizar seu site/blog para que ele conquiste uma posição privilegiada no buscador do Google. Sendo assim, seus materiais terão mais acessos.

Saber onde e como usar uma palavra-chave em um conteúdo, por exemplo, é uma técnica de SEO.

Google Meu Negócio

Muitas das pesquisas de voz têm relação com endereços, horário de funcionamento e telefones. Por isso, se você tem um estabelecimento físico, é preciso cadastrá-lo no Google Meu Negócio e disponibilizar todas estas informações.

Procure atualizar o cadastro com frequência para que sua posição sempre esteja entre os destaques. Isso fará com que o público-alvo fique por dentro de qualquer mudança.

Conquiste a posição zero do Google

Estar entre os primeiros do Google é o desejo de qualquer produtor de conteúdo. E alcançar a posição zero do buscador, já foi um seu sonho?

Sim, a posição zero, que também é chamada de featured snippets existe! Vamos te mostrar agora!

featured snippets

Featured snippets são respostas objetivas, localizadas no topo dos resultados de pesquisa. Por isso, também são conhecidos como “posição zero” do buscador.

Para chegar até esse local, como falamos, é preciso ser direto e mostrar ao usuário o que ele deseja logo no primeiro parágrafo, como no exemplo acima.

E qual a relação da posição zero com a pesquisa de voz no Google?

Alguns assistentes de voz, após a pesquisa dos usuários, mostram o conteúdo da posição zero no visor do aparelho ou leem este o mesmo trecho do featured snippets.

Conteúdos de perguntas frequentes

Você conhece seu negócio a fundo? Se sim, liste as questões que mais rondam a cabeça dos potenciais compradores e crie uma página com estas repostas. Com isso, seu conteúdo atrairá todas essas pessoas.

Converse com a equipe de vendas e extraia todas as objeções que potenciais clientes apresentam no processo de compra. Reúna todas elas em uma página, mas lembre-se: use sempre termos que são comuns em uma conversa. Afinal, é dessa forma que os usuários perguntam aos assistentes.

Além disso, com o Google Search Console, você consegue verificar quais são as palavras-chave buscadas em tom de pergunta pelos usuários. A partir dessa análise, escolha os termos que mais levam tráfego ao seu site.

Aqui na Layer Up, por exemplo, muitos querem saber como montar uma equipe de vendas de alta performance. Funil de vendas em Y também é um tema muito procurado.

Esses conteúdos devem ser otimizados para pesquisa de voz, pois trata-se de dúvidas frequentes da nossa audiência.

Prepara-se ou fique para trás

E mais uma vez o Google pode surpreender empresas que reinaram por muito tempo no topo do ranking. Menos você, que já sabe como se preparar, não é?

Pesquisa por voz é uma tendência muito forte, que promete ficar cada vez maior, como falamos ao longo de conteúdo. Adaptar-se já não é uma opção, é questão de sobrevivência do seu negócio na web nos próximos anos.

Para conseguir atrair potenciais clientes, você deve saber como ele fala do seu negócio, do seu produto ou dos serviços. Mas não esqueça: pesquisas de voz são diferentes das digitadas no buscador.

Para descobrir quais são essas perguntas, já existem ferramentas que disponibilizam dados de pesquisas por voz, como Question Samurai, StoryBase, entre outras.

Chegou a hora de otimizar seus conteúdos e já deixá-los prontos para os novos hábitos dos consumidores! Pode ter certeza: em breve você sentirá os efeitos desse trabalho.

Até o próximo conteúdo do blog 👋👋


Deixe um comentário