Saiba como fazer um podcast pode trazer benefícios ao seu negócio

Com rotinas cada vez mais agitadas e agendas cheias de compromissos, o podcast passou a ser um importante aliado na vida de pessoas que desejam estudar, se informar ou até mesmo aos que buscam pelo entretenimento.

Quer se atualizar sobre os assuntos de política? E cinema, te interessa? Futebol? Negócios? Marketing digital e vendas também são opções.

Tem para todos os gostos e por isso é considerado uma tendência muito forte no Brasil e no mundo.

A ABPod (Associação Brasileira de Podcasters) prova que esse é um investimento que pode valer a pena. Segundo pesquisa realizada em 2018, feita com formulário aberto na internet e com mais de 22 mil respostas, mais da metade dos ouvintes consomem podcast diariamente.

Veículos como Folha de São Paulo, Nexo, UOL, Estadão, são alguns que já produzem conteúdo regularmente em formato de podcast.

Sua empresa não pode ficar de fora e vamos falar o porquê!

O quê?! Você não sabe o que é um podcast?

Podcast

Estamos aqui falando de podcast, mas esquecemos de perguntar: você sabe o que é um podcast? Se não tem ideia, não tem problema, vamos explicar. Mas se já souber, pode pular para o próximo tópico, ok?

Podcast é como se fosse um programa de rádio, mas que pode ser consumido quando o ouvinte desejar. Trata-se de um conteúdo em áudio, que é disponibilizado por meio de um arquivo ou até mesmo em plataformas de streaming.

Para construir uma audiência fixa, podcasts costumam focar em um tema. Como apontamos no início, existem programas especializados em cinema, futebol, política, entre outros.

Esse formato de conteúdo em áudio ganhou ainda mais força no fim de 2017 e início de 2018, quando ficou disponível em plataformas de streaming como Deezer e Spotify.

Como a audiência dos podcasts cresceu, a publicidade passou a abrir os olhos para essa oportunidade.

Segundo estudo realizado pelo IAB US (Interactive Advertising Bureau) e pela PwC em 2018, existe um crescimento sólido da receita do mercado de podcasts no Estados Unidos.

De acordo com a pesquisa, os números de publicidade em podcast deve crescer 110%, cerca de US$ 659 milhões, até 2020, em solo americano.

Aqui no Brasil, o cenário também é otimista. Por isso, grandes grupos como a Rede Globo, O Estado e Rádio e Jovem Pan, por exemplo, apostam nessa tendência.

Como criar um podcast para o seu negócio

Citamos alguns exemplos de assuntos de podcasts ao longo do conteúdo. Não encontrou nenhum que se assemelha ao segmento do seu negócio? Não tem problema!

Tem espaço para todos no universo dos podcasts, basta produzir um conteúdo de qualidade e a audiência virá naturalmente. Mas, como criar um podcast de qualidade?

Planejamento

Planejar antes de pôr o projeto em ação é essencial para colher resultados positivos. Por isso, jamais deixe esta etapa de lado, pois ela guiará todas ações do seu novo podcast.

Antes de gravar qualquer programa, você deve dedicar um período para análise do mercado.

Para quem você vai produzir podcasts?

É muito importante estudar o público-alvo — ou persona — que deseja atingir. Esse fator vai interferir diretamente na produção dos podcasts.

Se o podcast for destinado a advogados, por exemplo, não pode ter a mesma linguagem de um programa sobre games. Defina e estude seu público para adotar o tom de comunicação e selecionar as pautas mais adequadas.

Formato

Assim como a definição do tema do podcast, o formato também deve ser pensado com antecedência. Pode ser um programa de entrevistas, informativo, mesa redonda, entre outras alternativas.

Essa decisão pode ajudar na escolha das pautas e roteiros dos podcasts da sua empresa.

Concorrência

A partir do momento que tomamos a decisão de entrar em um novo mercado, estudar a concorrência é primordial. Nós da Layer Up, por exemplo, quando criamos um canal no YouTube, analisamos os concorrentes e o mercado como um todo.

A partir desse estudo, pontuamos em quais aspectos queremos nos diferenciar e como podemos nos destacar em relação ao que já tem disponível no mesmo formato.

E esse trabalho também deve ser feito quando se pretende entrar no mundo dos podcasts.

Conteúdo

Definiu qual mercado será o foco do seu podcast? Chegou a hora de listar quais conteúdos serão tratados nos primeiros episódios e a frequência que eles serão publicados. Além, é claro, de estipular um tempo médio de duração de cada programa.

1, 2, 3 gravando

Como fazer um podcast

Além de um conteúdo de qualidade, ter uma boa gravação é fundamental para conquistar uma audiência. Você ficaria ouvindo um áudio de 30 minutos com um eco no fundo? Pois é, nem sua audiência 🤷‍♀

Ter um microfone de ponta não garante uma boa gravação. É preciso investir em um ambiente que possibilite um áudio sem ruídos e, assim, poupará trabalho de edição.

Barulho de ar-condicionado, portas abrindo e fechando, televisão ou rádio ligado, impactam na qualidade da sua gravação. Muito mais do que você imagina! Portanto, fique atendo a esses detalhes que muitos ignoram.

Além disso, tome cuidado com a posição do microfone, caso escolha um headset. Se posicioná-lo muito próximo à boca, a chance ter ruído e sopros na gravação é grande. Então, procure deixá-lo pouco abaixo ou acima da boca do locutor.

Podcast no ar

Para publicar seu podcast, você precisa de duas coisinhas: um lugar para hospedar e um Feed RSS, que possibilita a reprodução do conteúdo nas plataformas.

Se assustou com os nomes? Calma! É mais fácil do que você imagina.

Já ouviu falar no Soundcloud? Trata-se de uma plataforma que faz todo esse trabalho complicado. E mais: essa alternativa para publicação dos seus podcasts oferece dados estatísticos sobre toda sua audiência.

Essas informações fornecidas pelo SoundCloud podem ser utilizadas para segmentar ações de divulgação do podcast, por exemplo.

No final de 2017, como falamos no início do conteúdo, surgiram as opções do Spotify e Deezer, que fazem trabalhos semelhantes ao SoundCloud.

Seja a fonte de informação dos seus clientes

O podcast, como você já sabe, surgiu como alternativa que facilita o consumo de informações.

Por exemplo, o trânsito significa uma perda enorme de tempo para muitas pessoas. Se o público deseja aprender inglês ou qualquer outra língua, por que não ouvir um podcast especializado no tema?

Seria uma maneira de otimizar um tempo que até então era perdido em um aprendizado. E isso se aplica a diversas situações em que “perdemos tempo” diariamente.

O que você está esperando para ser a fonte de confiança dos seus clientes e ganhar cada vez mais autoridade no mercado?

 


Deixe um comentário