Mídias pagas e Inbound Marketing: como alinhar essas estratégias para aumentar a geração de Leads

Entenda o papel das mídias pagas na divulgação do conteúdo Inbound 

Assim como a combinação inusitada entre o queijo e a goiabada agrada o paladar de muitos, as mídias pagas e o Inbound Marketing formam uma dupla e tanto na hora de aumentar o número de Leads – o que também aguça o apetite dos empreendedores pelo aumento de vendas. 

Mas como isso ocorre? De que forma essas estratégias podem se alinhar para gerar resultados expressivos na geração de Leads? 

Bom, isso é o que vou contar esse post, mas antes vamos conhecer um pouco a ampla lista de opções de mídias pagas que temos ao nosso alcance atualmente.  

Depois partimos para a prática. Vamos nessa! 

 

Mídias pagas no Google 

Já falei aqui sobre as campanhas no Google Adwords, seus formatos de anúncios e como eles funcionam.  

Mas vale ressaltar duas possibilidades de mídias pagas que são bastante utilizadas: 

 

Remarketing 

Uma vez feita a busca por determinado produto o sistema de Remarketing é capaz de “seguir” o Lead em outros ambientes online para lembrá-lo que ele fez a pesquisa recentemente, não efetuou a compra, mas ainda há disponibilidade, ou talvez uma promoção ativa.  

 

Link patrocinado 

Os links patrocinados, aqueles anúncios de texto que surgem a partir da busca por uma palavra-chave no Google 

→ Eles são excelentes para direcionar um Lead para uma landing page, blog, site, ou uma página específica de venda de produto.  

 

Mídias pagas nas redes sociais 

Facebook 

É claro que o primeiro item se refere a uma das redes sociais mais acessadas do mundo. Por meio do Facebook Ads, a plataforma oferece um leque de possibilidades de criação de estratégia.  

Os anúncios variam entre imagens, vídeos, posts, etc. Os formatos atendem propósitos diferentes, como: 

– Impulsionar o engajamento e interação de um post 

– Aumentar as curtidas da fanpage 

– Fazer a impressão de anúncio alcançar o maior número de pessoas possível 

– Incentivar os cliques no site 

– Incentivar o download de um aplicativo 

– Incentivar ações como ligar para a empresa, mandar uma mensagem inbox, enviar um e-mail, entre outras 

 

Instagram 

Bom, a própria plataforma do Facebook Ads oferece soluções para o Instagram, já que as redes estão integradas.  

Além de poder replicar as campanhas elaboradas para o Facebook, no Instagram também é possível aproveitar a versatilidade e dinâmica do Insta Stories, por exemplo, para lançar ideias, novidades, fazer enquetes e até mesmo guiar o usuário para uma landing page, ou site. 

 

LinkedIn 

Sem dúvida essa é uma rede social poderosa para empresas B2B.  

Primeiro porque lá estão perfis qualificados de usuários, o que já traz mais consistência.  

Segundo porque o ambiente como um todo é mais formal e permite uma linguagem bem específica, que casa com o propósito e perfil das empresas e possíveis Leads que costumam utilizar essa rede.  

 

Outbrain 

Essa é uma plataforma que permite a sugestão de conteúdo em grandes portais.  

 Por exemplo:  você tem um e-commerce de utensílios de viagem e produziu um conteúdo sobre “dicas de acessórios para levar na viagem a Rússia durante a Copa do Mundo”.  

Esse material pode aparecer como um conteúdo patrocinado ao final de uma reportagem publicada no site de uma revista de turismo. 

 

YouTube 

A produção de um anúncio em vídeo pode custar mais cara, isso é verdade. Mas se seu público consome conteúdo do YouTube, seu investimento valerá a pena.  

Segundo o Google “anúncios de vídeo considerados relevantes conseguem atrair três vezes mais atenção que a média.” 

Waze 

Enviar notificações sobre uma marca que está fisicamente próxima do motorista no momento imediato em que ele passa perto de sua loja, ou restaurante, por exemplo, é um grande salto em direção ao acerto.   

→ Os anúncios pagos nessa plataforma permitem, inclusive, que com um clique a rota do usuário mude e o leve direto para o local anunciado. 

 

Em resumo, é possível listar alguns pontos positivos das mídias pagas… 

  • Flexibilidade de orçamento 
  • Mais chances de atrair Leads por conta das possibilidades criativas  
  • Maior potencial de segmentação de público 
  • Aumento do tráfego 
  • Aumento das vendas 
  • Maior reconhecimento da marca 

 

Ok, e o Inbound Marketing? 

Agora sim, o alinhamento entre Inbound Marketing e Mídias Pagas. Todas as possibilidades de anúncios e campanhas que mostrei aqui podem ser aplicados em estratégias Inbound para a divulgação e disseminação de conteúdo.  

Essa é a maior conexão entre as duas estratégias: a divulgação de conteúdo relevante e de qualidade para o público certo, na hora certa, por meio de anúncios pagos bem segmentados e criativos. 

Para ter resultado é importante: 

  • Ter uma persona bem definida 
  • Não só conhecer o público, mas entender exatamente o que ele quer, ou precisa 
  • Alinhar a linguagem do conteúdo e do anúncio para que ambos entrem em sinergia e impactem a audiência de maneira acessível 

Há ainda algumas dicas bem bacanas da VP de Soluções de Mídia do Google, Tara Walpert Levy, que podem te guiar no casamento entre Inbound e Mídias Pagas 

Uma delas é o que ela chama de sinais de intenção, ou seja, ao invés de segmentar o público somente com base em dados demográficos, atualmente é mais relevante pensar no que o público quer.  

Segundo Levy, “conhecer a intenção das pessoas é o que faz a busca online tão poderosa há tanto tempo: ela é capaz de ajudá-las a encontrar o que querem, quando querem, com muita rapidez.” 

→ Outra dica é criar conteúdo customizado para ser divulgado em massa, para diferentes intenções. Assim o anúncio para divulgar um mesmo produto pode ganhar um conteúdo diferente para se relacionar com o momento atual do público. 

Por fim, a VP ainda reforça que é importante usar mais de um formato criativo para a divulgação. E opções para isso tem de sobra, não é mesmo?   

Conhecer as mídias pagas e utilizá-las como chave na divulgação do seu conteúdo Inbound com certeza trará bons resultados na geração de Leads.  

Lembre-se de sempre mensurar seus resultados para aperfeiçoar suas estratégias, assim sua marca terá um impacto cada vez maior. Boa sorte!  

Referências Bibliográficas 

LEVY, Tara Walpert. Como chamar a atenção das pessoas para seu anúncio? Think Witk Google, março de 2018. 


Posts Relacionados

Deixe um comentário