Tráfego orgânico ou tráfego pago: tudo que você precisa saber

Tráfego orgânico ou tráfego pago. Qual é o melhor para seu negócio?

Esta é uma pergunta que todos nós envolvidos com Marketing Digital fizemos pelo menos uma vez. Tráfego orgânico ou tráfego pago?

Campanhas pagas (AdWords) ou trabalhar meu SEO? O que é mais rápido? O que trará mais benefícios a curto e longo prazo?

Agora devo adiantar que não existe uma resposta concreta, uma vez que o tráfego orgânico ou tráfego pago tem vantagens e desvantagens. Abaixo apresentamos algumas delas, confira:

 

Está com dúvidas sobre tráfego orgânico e pago? Confira informações que mostram que essas duas estratégias podem gerar resultados positivos!

O primeiro passo sempre será pensar nas palavras-chave

– Qual público deseja atingir?

– Como eles buscariam a sua empresa no Google?

– Como você deseja ser encontrado pelo usuário?

  Quem são seus concorrentes nesta busca? Como você pode se diferenciar e se destacar deles na hora da sua campanha?

Antes de optar pelo tráfego orgânico ou tráfego pago, qual é o seu objetivo?

Seu objetivo é outro ponto importante, que você deve ter sempre bem claro.

O que esperar desta campanha?

Conversão, tráfego, vendas, etc. Você precisa ter um plano de ação concreto.

Analise sua página, e pense: Meu site tem o conteúdo que as pessoas querem?

Tenha sessões definidas, um menu organizado, informações com perguntas frequentes, contato, entre outras categorias que auxiliam as pessoas a navegarem melhor pelo seu site.

O importante aqui é o usuário ter uma navegação fácil, e que ele encontre todo o conteúdo que esteja buscando.

O usuário hoje está acostumado a encontrar rapidamente o que procura. Caso seu site esteja confuso, ele sairá rapidamente.

O robozinho do Google mais uma vez irá te surpreender.

Sabe aquele site lento, que não abre direito?

Pois bem, já está perdendo pontos com os motores de pesquisa. Ele detecta esse problema em sua página e você perde posições por isso.

Fora a falta de usabilidade e conteúdo interessante, nada intuitivo. Aí, meu amigo, o site vai despencar de posições.

Um último detalhe é saber se o desenvolvimento de seu site é adequado para os motores de busca, com plugins de SEO, e configurações bem aceitas pelo Google.

Está com dúvidas sobre tráfego orgânico e pago? Confira informações que mostram que essas duas estratégias podem gerar resultados positivos!

Posts Relacionados

Deixe um comentário